"À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo"

Tag: Poemas (Page 1 of 3)

O Senhor e o andador

(Imagem: rodrigospilla.wordpress.com)

Com um andador, subia minha rua, um pequeno senhor.
Passos sofridos, difícieis e doloridos.
No semblante, era visível sua frustração.

A cada passo, um suspiro e uma olhada no horizonte –
o que outrora era perto, hoje parecia inalcançável;
e certamente, as estripulias de moleque, ocupavam sua mente

Mas ele seguiu conquistando cada centímetro,
até que, em seu portão apoiou, e, finalmente, descansou
E, para o céu de uma tarde amarela, ergueu seus olhos como em agradecimento.

E de repente todas as minhas angústias pareceram ridículas.

Compartilhe:

São Paulo I

​Respira –
São Paulo respira
Poluição;
São Paulo não respira.

Vive –
São Paulo vive
Trabalho;
São Paulo não vive.

A gente respira e vive
São Paulo

Compartilhe:

Essa noite ventou muito

Essa noite ventou muito.
Vento que assobia melodias nas frestas da janela;
Que agita os galhos e rodopia as folhas,
Que derruba os lixos e assusta os gatos,
Que escolhe onde quer que caia a chuva,
Que se impõe sobre todas as coisas –
Que sopra a vida adiante.

Compartilhe:
« Older posts

© 2022 Alê Flávio

Theme by Anders NorenUp ↑